Soluções Naturais para Combater a Obstipação

Soluções Naturais Para combater a obstipação – A prisão de ventre é um dos problemas mais comuns entre as populações ocidentais. Trata-se de um distúrbio típico das sociedades modernas relacionado com a dieta e estilo de vida actuais.

A ausência ou a insuficiente limpeza dos intestinos é, na maior parte das vezes, provocada por uma dieta pobre em fibras. Os cereais integrais ou semi-integrais, os legumes e as frutas são indispensáveis para que os movimentos intestinais se efectuem com regularidade. Se as descargas não se fizerem convenientemente passará a haver uma proliferação de fermentações patológicas, que provocarão mal-estar, dores e intoxicação progressiva.

O recurso a drogas na tentativa de resolver o problema da prisão de ventre é comum, mas a verdade é que podem irritar o intestino e criar habituação. Para além dos alimentos de que já falámos, as algas são particularmente eficazes. O ideal é utilizá-las como alimento, mas se por qualquer razão isso não for possível, as algas também podem ser consumidas como suplemento, sob a forma de comprimidos ou outra. A alga agar-agar tem um efeito lubrificante, pelo que é particularmente indicada em períodos mais críticos.

Paralelamente, há alimentos que não facilitam ou até dificultam o funcionamento intestinal. É o caso da carne, do queijo e das farinhas no forno, no qual perdem grande percentagem de humidade, endurecendo. É o que acontece, por exemplo, com os biscoitos. Por outro lado, o álcool, o chá preto e alimentos refinados, quer se trate de cereais e farinhas brancas ou seus derivados, ou de açúcar, são de evitar. O feijão verde também pode não ser conveniente.

Actualmente, é recomendado o farelo de trigo para casos de prisão de ventre. É verdade que resulta, mas também é verdade que o cereal integral – de onde, afinal, o farelo foi retirado – é preferível. Recentemente passou a estar disponível no mercado farelo de aveia, que é menos agressivo para intestinos sensíveis que o de trigo. Em qualquer dos casos, é sempre melhor cozinhá-lo na sopa, em vez de simplesmente o polvilhar, cru, sobre a comida. A ingestão de líquidos é também positiva, especialmente se forem quentes.

Os alimentos de tons amarelos – alperce, pêssego, laranja, abóbora -, ricos em beta- caroteno, estimulam o peristaltismo, devendo portanto integrar a nossa dieta. O sal também pode ser muito benéfico para a prisão de ventre crónica. Porém, deve ser integral e consumido em pequena quantidade. O óleo de sésamo virgem é um remédio tradicional contra a obstipação, sendo usado na confecção dos alimentos. Para resultados mais rápidos, pode tomar-se uma ou duas colheres de sopa em jejum. Este óleo, claro está, é contraindicado em caso de diarreia.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 3:07 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)