Estresse (sensação de tensão ou cansaço)

O estresse é o fio que puxa uma teia de fatores que afetam a sua mortalidade – pode perder um ano da sua vida por cada acontecimento verdadeiramente desgastante que tenha de enfrentar, como acidentes graves ou crises de relacionamento.

Isto acontece porque, quando você se sente em estresse, o seu cérebro apercebe-se do perigo e reage accionando vários mecanismos do seu corpo – libertando epinefrina e aumentando o seu ritmo cardíaco e a sua tensão arterial, por exemplo, além de libertar a hormona do stress denominada cortisol.

Este processo é muito útil quando tem de enfrentar uma ameaça, mas se o stress subsistir a longo prazo, pode começar a ser nocivo para o seu corpo.

Por exemplo, o cortisol faz com que as células nervosas absorvam cálcio; se essas células ficarem saturadas de cálcio, emitem sinais com demasiada frequência e morrem – são literalmente excitadas para morrer.

Leia Também:

Alguns estudos demonstraram que os níveis de cortisol parecem matar células no hipocampo, uma zona do cérebro que controla a memória. O cortisol também reduz a capacidade de o cérebro criar novos neurónios ou células nervosas e, em geral, pode causar o envelhecimento cerebral prematuro.

Além disso, altera as gorduras do sangue, o que, aliado à subida da hipertenção arterial, aumenta substancialmente o risco de um ataque cadíaco ou de uma trombose e pode também ter um efeito negativo no sistema imunitário.

Por conseguinte, é importante saber lidar com o stress existente na sua vida, visto que isso terá efeitos benéficos na sua saúde e longevidade de múltiplas maneiras.

Embora seja mais fácil dizer do que fazer, a solução para reduzir o estresse é identificar o que o provoca.

Atente nos diversos aspectos da sua vida, desde o emprego às relações com os outros, à família e à saúde e tente identificar os factores que regularmente lhe causam ansiedade Leia: Tratamento Natural Para Ansiedade. O simples facto de identificá-los já é positivo.

Do mesmo modo, aceitar que um determinado nível de estresse faz parte da vida é mais um passo na direcção certa.

Para evitar o stress, precisa de seleccionar as tensões que, em sua opinião, podem ser eliminadas.

Comece por reavaliar determinados aspectos da sua vida: casa, emprego, relacionamento com os outros, finanças, por exemplo, e pense no que pode fazer para reduzir as situações geradoras de estresse.

Há pessoas que usam técnicas negativas de gestão do stress como a negação, a sobrealimentação, o consumo exagerado de bebidas alcoólicas, o consumo de drogas e o tabagismo.

Evite-as na medida do possível, porque são soluções de curto prazo.

O que tem de fazer é descobrir técnicas positivas de gestão do estresse que lhe convenham, como arranjar tempo para a expressão artística, o relaxamento, métodos de massagem, fazer exercício físico ou falar acerca dos seus problemas com um amigo ou um terapeuta.

AcontecimentoNível de stress 100%
Morte do cônjuge

Divórcio

Morte de um membro da familia

Ferimento/Doença

Casamento

Perda do emprego

100%

73%

63%

53%

50%

47%

O estresse faz parte da vida normal. Muitas pessoas sentem stress em algumas alturas.

É uma sensação de tensão ou cansaço que pode ser provocada por inúmeras coisas.

Há o stress positivo e o negativo. O stress positivo faz com que trabalhe arduamente e faça as coisas bem.

O stress negativo é semelhante ao esticar tanto uma faixa de borracha que ela acaba finalmente por partir.

Um estresse positivo para uma pessoa pode ser considerado negativo por outra.

A quantidade de stress “excessivo” também difere de pessoa para pessoa.

O estresse em excesso pode fazê-lo sentir-se mal e facilitar o aparecimento de doenças. A aprendizagem do controlo dos factores de stress ajudá-lo-á a ter uma vida mais feliz.

Causas do estresse:

As causas seguintes podem estar na origem do stress:

Problemas domésticos

  1. Dinheiro.
  2. Problemas sexuais.
  3. Problemas entre si e o seu cônjuge ou parceiro.
  4. Doença ou morte de um amigo ou familiar.
  5. Casamento, mudança para uma casa nova ou o nascimento de uma criança.
  6. Sensação de incapacidade com o facto de ter tanto para fazer e não ter ninguém para o ajudar.

Problemas profissionais

  1. Sensação de ter trabalho em excesso e pouco tempo para o realizar.
  2. Começo numa nova profissão ou despedimento do emprego.
  3. Falta de empatia com o emprego ou com os colegas de trabalho.

Problemas de saúde

  1. Sentir-se magoado ou doente.
  2. Sono insuficiente.

Sinais e sintomas de estresse:

Poderá sentir um dos sinais ou sintomas de stress seguintes:

Sensação de ansiedade – Poderá sentir-se apertado ou ter uma sensação de tensão nos músculos.

Mudanças de humor – A sua disposição poderá variar rapidamente da felicidade para a fúria ou para a tristeza. Ou poderá sentir-se zangado ou deprimido sem uma causa específica.

Alterações corporais – Descrevem-se a seguir alterações físicas que podem ser provocadas pelo stress.

  1. Dores abdominais (barriga).
  2. Problemas respiratórios.
  3. Diarreia (fezes líquidas) ou obstipação (fezes duras).
  4. Dores de cabeça ou dor nas costas.
  5. Azia.
  6. Pressão arterial elevada.
  7. Alterações do período nas mulheres.
  8. Dificuldades em fazer sexo.
  9. Erupções cutâneas. Insónias.
  10. Pescoço rígido. Cansaço.
  11. Enjoos.
  12. Ganho ou perda de peso.

Abuso de substâncias – Pode beber mais álcool, fumar mais ou tomar medicamentos ou drogas de rua.

Riscos e Complicações derivados do estresse:

A nível psiquiátrico surgem frequentemente as chamadas reacções depressivas.

Podem surgir também uma infinidade de alterações funcionais e não só tais como síndrome do intestino irritável, colites, gastrite, hipertensão arterial, doenças cérebro vasculares ou cardiovasculares, etc.

Matéria Recomendada » Xanax ou L-Teanina: O Que funciona Melhor para a Ansiedade?

Tratamento do estresse

Saber as causas do stress pode ajudá-lo a lidar com o stress. Mantenha-se o mais possível afastado de situações que possam provocar stress e que não consiga alterar ou controlar.

Não deixe que as suas rotinas diárias sejam afectadas por situações que nunca representam a totalidade da sua vida.

Compartimente a sua atenção. Peça ajuda a outras pessoas. Estabeleça objectivos para si próprio. Poderá achar útil a elaboração de uma lista de coisas que têm de ser feitas.

Depois comece pelas mais importantes. Algumas pessoas consideram que a limpeza da casa ou do seu local de trabalho diminui outros tipos de estresse.

Também poderá ajudar a aliviar a cabeça ver-se livre de coisas das quais já não necessite. Não se culpe se as coisas nem sempre correrem bem.

Por vezes, a melhor maneira de lidar com o estresse é alterar o modo de reagir perante ele. Fale com o médico sobre os diversos modos de controlar o stress.

O exercício físico regular, exercícios de relaxamento, ioga, meditação, biofeedback ou a audição de cassetes podem ajudar a aliviar o estresse.

Aromaterapia

Conheça 7 Óleos Essenciais para Controlar a Ansiedade, Estresse e Nervosismo

Reflexologia

A reflexologia é uma antiga arte chinesa que esta associada à acupuntura.

É uma terapia de equilibrio que através de pressões (pressoterapia), emite reflexos através de linhas para todos os orgãos do corpo humano. Aplica-se nas mãos e nos pés.

É uma terapia muito eficaz em casos de estresse e depressões, pois actua directamente sobre o sistema nervoso central e periférico. É uma terapia com efeitos muito relaxantes.

Ler Também:

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 22/10/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça uma Pergunta ou Comentário
Esta matéria tem 4 Comentários
  1. lucivaldo rodrigues soares Reply

    Apenas um desabafo: a doença física é ruim, mas a doença psíquica é bem mais ruim. Falo assim, por experiência própria.

    Carreguei por muito tempo na minha bagagem um forte sentimento de inferioridade que só tirou o meu sabor de viver. Passei a viver inconsciente de mim mesmo, que nem um barco à deriva; sem saber pra onde andar e sem saber o que queria.

    A minha sorte é que Deus foi testemunha do meu sofrimento, e terminou ajudando a quem sempre confiou nEle. Hoje me sinto uma pessoa feliz. Mas para isso tive de conhecer as causas geradoras dos meus conflitos.

    Deus nos faz pessoas íntegras e sadias, mas o mundo com seu modelo perverso termina tentando deletar nossos valores; mas quando se busca auxílio em Deus, tudo será bem solucionado.

    Felicidade a todos aqueles que lerão este meu desabafo.

  2. tatiana martins borges Reply

    estou sofrendo muito com estres, naum sei mas o que eu faço, meu cabelo esta caindo muito, qualquer coisa me irrita, me ajude por favor…

  3. ENAIZILE Reply

    o excesso de estresse pode interferir na falta de apetite sexual.

  4. DJALMA JUNIOR Reply

    STRESS
    Sou terapeuta em REFLEXOLOGIA, pelo I.O.R., 74 anos de idade com 43 anos dedicados ao estudo e pesquisa do comportamento humano. Tenho atendido vários clientes que sofrem de STRESS. Recebendo as técnicas da REFLEXOLOGIA, o Paciente consegue obter ótimos resultados; que proporcionarão assim uma excelente melhora em sua qualidade de vida. A REFLEXOLOGIA consiste em ativar pontos específicos nos pés, desbloqueando canais de comunicação com o cérebro, para que este possa agir, corrigindo assim o problema. Não tem contra indicação para estes casos e não usa medicamentos.

    São Paulo SP ( Metrô Santana) BRASIL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 22/10/2018 às 6:11 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)