Suco de laranja e mamão (papaia) para prisão de ventre

Suco de laranja e mamão para prisão de ventre: Embora existam várias causas para o surgimento da prisão de ventre, o mais comum é esta ser causada por uma alimentação pobre em fibras e em vegetais.

A prisão de ventre é uma sensação bastante desconfortável que teima em não passar. Se se encontra nessa situação não se preocupe. Para tudo na vida existe uma solução e no que toca à prisão de ventre, esta também não é exceção. Neste artigo vou-lhe explicar os benefícios do suco de laranja e mamão e como este suco o pode ajudar a mandar a prisão de ventre para bem longe. Quer saber como? Fique atento.

Benefícios do suco de laranja e mamão

A combinação destas duas frutas é bastante benéfica para acabar com a prisão de ventre. A laranja, para além de ser rica em vitamina C, é uma excelente fonte de fibras. O mamão, para além da fibra, contém uma substancia designada de papaína que estimula os movimentos intestinais, ajudando assim na expulsão das fezes.

Remédio caseiro – como fazer?

Este remédio caseiro é bem fácil de fazer. Cinco minutos e está pronto a ser servido. Vai experimentar?

Ingredientes
Para fazer este suco vai precisar dos seguintes ingredientes:
• Um mamão médio;
• Duas laranjas;
• Uma colher de sopa de semente de linhaça;
• Uma colher de açúcar.

Modo de preparação:
1. Em primeiro lugar deve retirar todo o sumo das duas laranjas recorrendo a um espremedor;
2. Em seguida corte o mamão ao meio e retire as cascas e todas as sementes;
3. Junte no liquidificador o mamão, o sumo das laranjas, uma colher de semente de linhaça e uma colher de açúcar;
4. Deixe bater bem e está pronto a ser servido.

Como utilizar?

Se sofre de prisão de ventre deve beber este suco de laranja e mamão até cerca de duas vezes por dia. Experimente e partilhe connosco a sua opinião.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:27 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)