Suco de limão para indigestão

Sofre de problemas de indigestão? Não se preocupe, pois nós temos um suco de limão muito eficaz e fácil de preparar para acabar com o seu problema.

Suco De Limão E Lima

A indigestão é uma sensação de mau estar que nos indica que o nosso problema não está a conseguir fazer a digestão com normalidade.

Muitas vezes isto acontece devido a um excesso de ingestão de alimentos irritantes o que faz com que o nível de ácido clorídrico aumento o que provoca acidez e o mau estar.

Os sintomas característicos da indigestão são as dores na zona abdominal, inchaço e vómitos.

Existem inúmeras formas de tratar o seu problema, mas nós temos um remédio natural adequado que irá resolver o seu problema.

Ingredientes necessários para preparar o remédio caseiro:

O suco de limão é uma bom remédio para combater a ingestão, por isso apenas tem de ter por casa meio limão, 200ml de água e mel.

Como preparar o seu remédio caseiro:

Para preparar o remédio caseiro basta adicionar todos os ingredientes num liquidificador e bater bem, depois está pronto a ser bebido.

O remédio deve ser tomado, de preferência de manha, em jejum, de três em três dias.

Este deve ser tomado em jejum, pois o limão age como um suave depurador do intestino e do estômago, diminuindo o desconforto gástrico.

Devido ao seu alto teor de vitaminas e minerais o limão também ajuda no tratamento de gripes, dores de garganta e resfriados.

Caso os sintomas de indigestão continuem frequentemente é aconselhável que se dirija ao seu médico de família ou farmacêutico para um diagnóstico mais pormenorizado.

Conheça os Melhores Remédios Caseiros para Indigestão

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:26 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)