Suco de melancia para evitar o câncer

Suco de melancia para evitar o câncer:

O câncer nos dias de hoje é ainda uma doença com percentagem de morte bastante elevada em Portugal e no mundo.

No entanto, cada vez mais, a medicina tem meios para lutar e vencer esta batalha.

As doenças cancerígenas caracterizam-se por um grupo de células que crescem e se dividem mais que o normal, espalhando-se pelo corpo no caso de cancro maligno.

Em Portugal, o cancro mais letal, responsável por 14% das mortes por cancro, é o cancro do cólon e reto.

Mas, hoje em dia, é já possível tratar o cancro através de remoção dos tecidos ou órgãos infetados, através de quimioterapia ou radioterapia.

Mesmo estando os tratamentos a evoluir cada vez mais no sentido da eficácia e especificidade para cada tipo de cancro, estes são ainda processos imensamente dolorosos quer do ponto de vista físico, quer do psicológico.

No entanto, no campo da prevenção, o exame genético para identificar alto-risco são já uma realidade em alguns tipos de cancro, bem como os exames de deteção precoce, disponíveis para muitos tipos de cancro.

Nesse ramo preventivo alguns remédios naturais demonstram ser uma grande ajuda.

A melancia, sendo um fruto imensamente rico, é um dos ingredientes naturais que tem esse efeito. Possuindo grandes quantidades de cálcio, ferro, fósforo e vitaminas B e C, a melancia tem ainda capacidades que garantem a absorção de um nutriente que previne o cancro, o licopeno.

Um preparado com estas capacidades é o sumo de melancia, tomado diversas vezes por dia.

Para o preparar obtenha melancia (2 chávenas de chá), água (300 ml) e, se achar necessário, açúcar. Seguidamente, corte a melancia em cubos e coloque-a no liquidificador, sem sementes, juntamente com a água.

Depois de bem batido, coloque açúcar a gosto e tome.

Este sumo prepara-se facilmente e além de prevenir o câncer é um ótimo hidratante.

Conheça os Usos do Suco de Melancia Detox: Receitas e Perfil Nutricional

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:27 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)