Suco Diurético

Uma excelente forma de diminuir o Inchaço Corporal e Perder Peso é através do consumo de alimentos que apresentem uma elevada concentração de propriedades diuréticas.

Alimentos que possuam estas características previnem a Retenção de Líquidos, o que em muito poderá contribuir para uma boa manutenção de todas as funções do organismo, na medida em que a retenção excessiva de líquidos costuma estar na origem de inúmeros problemas de saúde.

Suco Diurético

Para obter os resultados pretendidos e começar já a combater a retenção excessiva de líquidos, nada melhor do que a preparação de um bom suco diurético.

No liquidificador, bata 1/2 pêra, 1/2 maçã, 1 fatia de melão e 1 colher de chá de pedacinhos de Gengibre, com cerca de 1 copo de Água.

Caso o sabor não seja do seu agrado, poderá adoçar este suco com um pouco de mel. No entanto, é extremamente importante ter atenção aos excessos, e utilizar o mel com muita moderação.

O suco poderá ser consumido diariamente, até que comece a observar uma redução satisfatória do seu inchaço corporal.

Para além deste suco, existem muitas outras medidas que poderá adoptar para prevenir a retenção de líquidos, como é o caso do consumo abundante de frutas e água.

Em média, estima-se que deva beber cerca de 2 litros de água por dia, de modo a manter o seu organismo a trabalhar com a maior eficácia possível, o que será também de grande ajuda para uma rápida e saudável perda de peso.

Outras Sugestões Caseiras:

Chá Diurético
Diurético Caseiro para Emagrecer
Diurético Natural
Remédio Caseiro para Emagrecer
Gel Redutor

Alimentos Diuréticos

Funcho (Chá de Funcho), Salsa, Cardamomo, Anis Estrelado, Toranja, Figo, Arruda, Azeda, Alfafa, Abóbora, Abrótano, Imperatória, Aipo, Carqueja (Chá de Carqueja), Pêra, Alfavaca, Artemísia, Café, Quebra Pedra, Melão, Óleo de Borragem, Kiwi

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 26/04/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 26/04/2018 às 3:53 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)