3 Potenciais Usos do Sunifiram + Opiniões e Efeitos Colaterais - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

3 Potenciais Usos do Sunifiram + Opiniões e Efeitos Colaterais

O sunifiram é um medicamento experimental, atualmente comercializado como um estimulador cerebral.

Os vendedores e utilizadores afirmam que ele é capaz de melhorar o foco mental, de diminuir a depressão e até de aumentar o seu desejo sexual! Mas haverá alguma verdade por trás da fama?

Continue a ler o artigo para ficar a par do que diz a ciência acerca de 3 possíveis usos do sunifiram que são suportados pela evidência.

Sunifiram

Nota: Ao escrever-mos este artigo, não pretendemos recomendar o uso deste medicamento. A decisão de o escrever partiu do facto de alguns dos nossos leitores, que já utilizavam o sunifiram, nos terem pedido que escrevêssemos o artigo.

O que aqui explanamos é uma simples revisão das informações disponíveis na literatura científica. Por favor, antes de começar a tomar algum medicamento, discuta o assunto com o seu médico.

Introdução

O sunifiram ou DM-235 é um medicamento experimental produzido com o objetivo de melhorar a função cognitiva, no contexto do tratamento da doença de Alzheimer (1).

As investigações ao nootrópico foram interrompidas por falta de financiamento e a patente caducou. Pelo facto de nunca ter sido testado em seres humanos, a sua toxicidade a longo prazo é desconhecida e nenhum país chegou a aprovar a sua utilização.

Atualmente, o medicamento é vendido como uma “droga inteligente” (também chamada nootrópica) (2).

O sunifiram é estrutural e funcionalmente semelhante ao piracetam. Os fármacos semelhantes ao piracetam tornam o sistema nervoso mais sensível à estimulação, apresentando baixa toxicidade e ausência de efeitos colaterais graves.

No entanto, este é cerca de 1.000 vezes mais potente que o piracetam. Isto torna-o eficaz em doses muito mais baixas (3).

Potencial Usos do Sunifiram

Poderá Melhorar a Memória

Sunifiram Melhora A Capacidade De Aprendizagem

Em estudos realizados em ratos, a droga revelou-se capaz de reverter e de impedir a amnésia provocada pelos fármacos escopolamina, clonidina, baclofeno e mecamilamina (4, 5).

A suplementação com o excitante (na dose de 0,01 mg/kg) aumentou a percentagem de ratos que aprenderam a evitar os choques elétricos (teste de evitamento passivo).

Além disso, os ratos começaram a reconhecer mais rapidamente os seus parceiros (teste de aprendizagem social), quando passaram a receber doses mais elevadas de sunifiram (0,1 mg/kg), (6, 7).

No entanto, um outro estudo concluiu que o medicamento não tem qualquer efeito sobre a capacidade de aprendizagem dos ratos (8).

Mecanismo de Ação:

O mecanismo de ação completo do sunifiram permanece desconhecido. No entanto, algumas investigações indicam que, à semelhança de outras drogas da classe racetam, este provavelmente atuará em múltiplos alvos no interior do organismo (9).

A escopolamina, um outro fármaco, bloqueia o neurotransmissor acetilcolina que é responsável por transmitir sinais entre neurónios de várias regiões cerebrais relacionadas com a memória e com a aprendizagem.

Estudos realizados em ratos provaram que o sunifiram aumenta a liberação de acetilcolina no cérebro (10, 11).

O bloqueio dos recetores AMPA induziu amnésia em ratos. A posterior administração do fármaco reverteu essa amnésia, indicando a sua ação na ativação dos recetores AMPA (12).

O nootrópico também estimula o recetor do glutamato, designado NMDA. Esse efeito aumenta a taxa de transmissão de glutamato (um neurotransmissor) entre células nervosas do cérebro, o que poderá ajudar a restaurar a memória em cérebros lesados ou cirurgicamente alterados (13, 14).

O cérebro usa a glicose transportada pelos glóbulos vermelhos para produzir energia. O fármaco chamado pentobarbital inibe o movimento da glicose através das membranas celulares.

Em doses baixas, o sunifiram revelou-se capaz de reverter esse efeito. Contudo, em doses mais elevadas, impediu a ligação da glicose aos glóbulos vermelhos existentes.

Desta forma, podemos concluir que a administração do fármaco em baixas doses aumenta a captação de glicose para o cérebro, ao passo que a sua administração em doses mais elevadas diminui essa captação (15).

Poderá Melhorar a Capacidade de Aprendizagem

A potenciação de longa duração, que corresponde ao fortalecimento de sinapses específicas após estimulação frequente, é o mecanismo subjacente à aprendizagem (16).

A administração da droga a ratos com défice de memória provocado por cirurgia e potenciação de longa duração restaurou ambos os fatores (17).

Poderá Diminuir a Sensibilidade à Dor

Sunifiram Reduz A Sensibilidade à Dor

A suplementação com sunifiram atrasou a resposta dos ratos ao calor, indicando que possui propriedades analgésicas.

O efeito analgésico mais potente foi observado com doses moderadas (0,01 mg/kg). A utilização de doses mais elevadas ou mais baixas produz um efeito menor (18).

Outros

Administrou-se pentobarbital a ratos, com o objetivo de lhes induzir sono. De seguida, efetuou-se suplementação com o fármaco que reduziu o tempo que os ratos passaram a dormir, sugerindo que o fármaco possui efeitos energéticos.

Porém, ainda não existem outros estudos que abordem os potenciais efeitos energéticos do composto (19).

Efeitos Colaterais

O sunifiram nunca foi testado em seres humanos. Por essa razão, a sua toxicidade a longo prazo permanece desconhecida.

Contudo, a sua estrutura química é muito semelhante à dos fármacos semelhantes ao piracetam, que geralmente possuem níveis de toxicidade muito baixos (20).

Mesmo quando sujeitos a grandes doses, os ratos analisados não sofreram qualquer alteração nos seus movimentos normais, na interação com o meio envolvente ou na coordenação motora (21, 22).

Contudo, os utilizadores deste fármaco referem um conjunto de efeitos colaterais, incluindo:

A toma de doses elevadas de sunifiram (10 mg ou mais) ou a mistura com fármacos estimulantes parecem acompanhar-se de um aumento dos relatos sobre efeitos colaterais desagradáveis.

Limitações e Advertências

A droga nunca foi submetida a ensaios clínicos nem foi aprovado para uso em seres humanos. No entanto, há quem consuma a substância sem consultar qualquer relatório verificável que aborde o risco de consequências graves para a saúde.

Por essa razão, é importante que os consumidores saibam que os seus efeitos a longo prazo do sunifiram são totalmente desconhecidos (23).

Existe um espectro muito grande de experiências relatadas pelos utilizadores. Elas variam da ausência de qualquer efeito à concentração exagerada num único objeto ou pessoa e até mesmo a níveis de energia considerados desconfortáveis.

Dada esta enorme variabilidade, facilmente se percebe que o fármaco tanto pode produzir os efeitos desejados como outros desconfortáveis.

Os utilizadores que tomam doses maiores (10 mg ou mais) ou que consomem o produto todos os dias, de forma crónica, referem o desenvolvimento de uma tolerância que reduz a eficácia do fármaco.

Interações Medicamentosas e Associações

O sunifiram inverte e previne o efeito de diversos medicamentos amnésicos, tais como a escopolamina, a clonidina, o baclofeno e a mecamilamina. Além disso, reduz os efeitos do pentobarbital (24, 25, 26).

Pode ser usado em associações medicamentosas, o que significa que pode ser combinado com outros suplementos e com outros fármacos para se obterem maiores benefícios cognitivos, em comparação com os que são produzidos pelo sunifiram administrado de forma isolada. Assim sendo, poderemos associá-lo com:

  • Colina
  • Piracetam
  • Oxiracetam

A associação deste com o noopept produziu resultados contraditórios. Alguns indivíduos referem sentir excelente concentração e motivação e melhoria do humor.

Por outro lado, há quem relate a ocorrência de uma drástica redução dos efeitos positivos, com o uso prolongado.

Alguns utilizadores também relataram efeitos colaterais desagradáveis e duradouros devido à associação de sunifiram com cafeína, modafinil e outros estimulantes.

Doses

Tendo por base as doses eficazes calculadas em estudos com animais e a experiência dos utilizadores, acredita-se que a dose segura e eficaz é de 4-8 mg.

Experiências dos Utilizadores

Há uma enorme variabilidade nas experiências relatadas pelos utilizadores. Algumas pessoas não sentem qualquer efeito, enquanto outras relatam alterações drásticas na função cognitiva.

Alguns dos efeitos adicionais relatados pelos utilizadores incluem:

  • Melhoria da concentração
  • Diminuição da necessidade de dormir
  • Maior diversão ao ouvir música
  • Elevação do humor
  • Relaxamento
  • Melhoria do gosto
  • Clareza mental
  • Visão apurada

Apesar de alguns utilizadores referirem que o sunifiram aliviou o seu estado depressivo, estudos realizados em ratos provaram que o fármaco não possui qualquer efeito antidepressivo (27).

Outros utilizadores garantem que o sunifiram aumenta o desejo sexual e intensifica as experiências sexuais. Porém, estes efeitos nunca foram alvo de estudo em seres humanos, nem em animais.

Os utilizadores comparam-no com o noopept mas afirmam que o início dos efeitos é mais rápido.

Atualizado em 22 Março 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Ciência com Saúde", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.