Tamponamento Cardíaco

TAMPONAMENTO CARDÍACO – CAUSAS, SINTOMAS E CARACTERISTICAS DO DIAGNOSTICO
. Disturbio potencialmente fatal, que ocorre quando há acúmulo de líquido pericárdico sob pressão; os derames que aumentam
rapidamente de tamanho podem causar elevação da pressão intrapericárdica (> 15 mmHg), comprometendo o enchimento e
diminuindo o débito cardíacos
. As causas comuns incluem câncer metastático, uremia, pericardite viral ou idiopática e traumatismo cardíaco; entretanto, qualquer causa de pericardite pode causar tamponamento
. As manifestações clínicas consistem em dispnéia, tosse, taquicardia, hipotensão, pulso paradoxal, distensão venosa jugular e
bulhas cardíacas abafadas
. Em geral, o eletrocardiograma revela baixa voltagem do QRS e, em certas ocasiões, alternância elétrica; a radiografia de tórax revela aumento da silhueta cardíaca, com configuração “em moringa”, se houver derrame grande (> 250 ml) _ que não
precisa ser dessa maneira se o derrame surgir rapidamente
. O ecocardiograma delineia o derrame e seu significado hemodinâmico, por exemplo, colapso atrial; o cateterismo cardíaco
confirma o diagnóstico se houver equalização das pressões diastólicas nas quatro câmaras e se houver perda da deflexão y
normal

DIAGNOSTICO DIFERENCIAL
. Pneumotórax hipertensivo
. Infarto ventricular direito
. Insuficiência ventricular esquerda grave
. Pericardite constritiva
. Miocardiopatia restritiva
. Pneumonia com choque séptico

TAMPONAMENTO CARDIACO TRATAMENTO
. Pericardiocentese imediata
. Expansão do volume até a realização da pericardiocentese
. O tratamento definitivo para reacúmulo pode exigir pericardiectomia anterior e posterior cirúrgica ou pericardiotomia com balão percutânea

Dica
O pulso paradoxal é útil ao diagnóstico apenas nos ritmos sinusais regulares.
Referência
Spodick DH: Acute cardiac tamponade. N Engl J Med 2003

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Esta matéria tem 1 Comentário
  1. andreia Reply

    bem esclrasida a materia vim pesquisar o assunto porque a7 dias perdi minha cunhada assim ela so tinha 31anos mas era inpertenca e tinha tiabetes nao sei se estava tomando os remedios mas estou preucupada todos da familia sao inpertencos e a maioria deles morre antes do 50 anos obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 2:25 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)