Tangerina – Benefícios, vitaminas e propriedades medicinais

Da mesma maneira que a laranja, a tangerina fresca é baixa em calorias. Também é uma boa fonte de fibras, potássio e vitamina C.

Esta vitamina pode influir numa série de estados fisiológicos, particularmente na redução de nitrosaminas, as quais possuem efeitos cancerígenos.

O cancro do estômago é menos frequente naqueles cuja dieta é rica em vitamina C. Verificou-se que a capacidade antioxidante da vitamina C pode proteger contra diversos tipos de cancro, uma vez que intensifica as funções imunológicas.

A tangerina também contém folato (ácido fólico), uma vitamina do complexo B que se relaciona com uma gravidez saudável, embora a sua concentração na tangerina não seja tão alta como na laranja.

Além disto, a tangerina (e outros frutos relacionados) é uma fonte primária de betacriptoxantina na dieta. A betacriptoxantina é um carotenóide, diferente da provitamina A, com propriedades antioxidantes.

As dietas ricas em carotenóides estão associadas a uma diminuição do risco de contrair cancro e doenças cardiovasculares. As tangerinas contêm ainda os fitoquímicos D-limoneno, cumarina, flavonóides e terpenos. Estes compostos ajudam a diminuir o risco de câncer.

Links Úteis

Usos na medicina tradicional

A tangerina é adequada para o tratamento de úlceras, da vesícula, de anorexia, de intoxicação alcoólica, de tosse e de febre. As pessoas com feridas na boca ou com fezes secas não devem consumir tangerinas.

A tangerina contém uma substância chamada hesperidina que possui propriedades bronquio-dilatadoras e anti-inflamatórias, sendo adequada para o tratamento das úlceras e favorecendo o correcto funcionamento da vesícula.

O óleo volátil que a tangerina possui estimula o aparelho digestivo, ajudando na expulsão de gases acumulados no intestino e no estômago e favorecendo a digestão.

A tangerina abre o apetite, humedece os pulmões e elimina a tosse. É útil para tratar a febre, a anorexia, a intoxicação alcoólica e é um excelente hidratante para a pele. Pode-se consumir a polpa ou o sumo das tangerinas e aplicar uma pasta obtida do esmagamento dos frutos com casca.

» Saiba mais sobre a tangerina

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:06 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)