Teletrabalho – Trabalhar em Casa

Teletrabalho – Trabalhar em Casa.

Assim que toca o despertador começa a correria: arranjar-se, comer à pressa e enfrentar o trânsito. Está cansada da rotina e dá-se bem com a tecnologia? Então, o teletrabalho pode ser uma opção para si. Descubra porquê. Damos-lhe ainda ideias para montar um escritório em casa e fazemos a lista dos erros a não cometer.

Quando se pensa em trabalho a partir de casa, pensa-se num mundo de possibilidades de ocupação. Quem não se lembra de pelo menos uma pessoa que tenha feito sucesso com um negócio doméstico? Mas nem todas essas ocupações podem ser consideradas teletrabalho. O teletrabalho ou “trabalho à distância” abrange apenas as actividades que não obrigam à presença do funcionário na empresa e pressupõem o uso de tecnologias de informação e comunicação, como telefone, fax, correio electrónico e videoconferência.

Jornalista, advogada, arquiteca, tradutora, contabilista, consultora de imagem: o leque de profissões que podem ser exercidas em regime de teletrabalho é vasto. E a tendência é para que cresça ao ritmo do desenvolvimento da tecnologias de informação e comunicação. Quem sabe se as telealdeias, de que já existe uma experiência pioneira na Europa, não serão daqui a uns anos muito comuns, invertendo a tendência para a desertificação das zonas rurais?

O que é bom no teletrabalho…

Ganhar tempo. Quanto tempo gasta desde que sai de casa até ao momento em que se senta na secretária para começar a trabalhar? Agora multiplique esse número pelos dias do mês. São muitas horas, não são? Quem opta pelo teletrabalho acaba com o tempo perdido em transportes públicos ou filas de trânsito. E com uma vantagem de peso: começa o dia de trabalho muito mais fresco.

Cortar nas despesas. O combustível, os passes e o estacionamento deixam praticamente de fazer parte da lista de despesas mensais e, trabalhando em casa, também é possível poupar nas refeições fora.

Horários flexíveis. O teletrabalho permite-lhe organizar as suas horas de trabalho, ajustando-as às necessidades pessoais. Poderá, entre outras coisas, ter os seus filhos em casa.

Mais oportunidades de trabalho. Uma vez que a distância geográfica a que o trabalhador se encontra da empresa deixa de ser um obstáculo, o mercado de trabalho alarga-se para os teletrabalhadores.

Mais liberdade na escolha do local de habitação. Como os teletrabalhadores podem trabalhar a partir de qualquer ponto, têm mais liberdade para escolher o local onde querem viver. Um teletrabalhador pode optar por viver no campo ou comprar casa mais barata numa zona da cidade mais distante do centro.

Para as empresas o teletrabalho também tem vantagens, principalmente económicas: reduz a dimensão dos escritórios e descem os custos com a sua manutenção e limpeza; aumenta a produtividade dos trabalhadores que costumam responder positivamente a um regime de trabalho mais independente e que lhes permite mais autonomia. A oportunidade de gerir o próprio tempo e ritmo de trabalho contribuem para uma maior motivação.

O teletrabalho tem ainda vantagens a nível social e ambiental: reduz o tráfego urbano e, consequentemente, o desgaste do parque automóvel, a poluição atmosférica e o consumo de energia. É uma alternativa positiva para pessoas com necessidades específicas, como os deficientes motores.

… e o que pode ser menos bom

Mas nem tudo são vantagens no teletrabalho. Pense nestes aspectos possivelmente negativos:

Sozinha com os seus botões. Quem opta pelo teletrabalho perde o convívio com os colegas e pode sentir-se sozinho. Para algumas pessoas ter de gerir o seu próprio tempo e trabalho pode criar stress.

Separar trabalho e vida pessoal. Para os viciados em trabalho ter o escritório em casa pode ser uma forma de nunca conseguirem desligar do trabalho. Pelo contrário, quem tem dificuldades de concentração pode não conseguir trabalhar em casa com os apelos da televisão, do frigorífico, da sala para arrumar… Para ser bem sucedida tem de aprender a ignorar esses apelos.

Interrupção de amigos e familiares. A sua família e amigos podem ter tendência para pensar que pelo facto de você estar em casa está sempre disponível. Pode não ser fácil fazê-los perceber que, apesar de estar em casa, está a trabalhar.

Ler também:

Teletrabalho – Será que tenho perfil para trabalhar em casa?

Ideias para montar um escritório em casa.

Trabalhar em casa por conta propria.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 2:54 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)