Fotos Antes e Depois

Tipos de Artrite – Osteoartrite, reumatóide, infecciosa, psoriática, gotosa e idiopática

Espalhado pelo nosso esqueleto humano, existem várias articulações. Articulações são as conexões que se estabelecem entre dois ou mais ossos do nosso esqueleto. Temos articulações nos joelhos, nos ombros, nos cotovelos, nos dedos, nos tornozelos, nos pulsos, etc…

artrite reumatóide

Quando acontece uma inflamação nessas junções, dá-se o nome de artrite. Artrite é precisamente a inflamação das articulações, que irá levar ao aparecimento de diversos sintomas, maioritariamente dolorosos.

A artrite não tem cura, mas através de um tratamento adequado e correcto é possível aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida de um indivíduo.

São muitos os problemas que dão origem à artrite, mas dependendo a causa a que lhe deu origem, assim será o tipo de artrite. Existem mais de 100 tipos de artrite, e aqui apenas iremos falar dos tipos mais comuns:

Osteoartrite

Nas articulações do nosso corpo, existe uma camada de cartilagem, que vai permitir  que essas articulções se movam umas contra as outras sem causar dor. Essas cartilagens também protegem o osso de choques, pois que caso não existissem, o osso quebrava-se.

Com a osteoartrite, a cartilagem desgasta-se e o organismo ao tentar repor essa falta de cartilagem, acaba por formar saliências ósseas nas margens das articulações. Dor, rigidez e por vezes, perda da função, são o resultado desta situação.

Não existe um tratamento capaz de eliminar o problema, mas é possível aliviar os sintomas de forma a melhorar a qualidade de vida. Deve ser feito exercício ligeiro, sem pressão nas articulações. A administração de medicamentos analgésicos e de anti-inflamatórios para o alívio da dor também pode ser possível. As áreas afectadas podem ser massajadas com um gel anti-inflamatório.

Artrite Reumatóide

Na artrite reumatóide, as articulações sofrem um processo de inflamação devido a reações auto-imunes causadas por esta doença, provocando dor nas articulações. Ao contrário do que acontece numa situação de osteoartrite, o paciente com artrite reumatóide sente-se, por vezes, com dor e rigidez nas mãos, joelhos e pés, com má disposição e pode sofrer perca de peso.

O que Procura?
O que Fazer para Tratar a Dor nas Costas: 18 Tratamentos Incríveis

Uma forma de perceber se a artrite reumatóide está a afectar um indivíduo, é através da rigidez matinal, ou seja, se de manhã acorda, sentir rigidez nas articulações, dificuldade em mexer os braços, joelhos, mãos, pés, sentindo uma forte dor, e ao fim de algumas horas, sentir um ligeiro alívio, trata-se de artrite reumatóide, pois só ao fim de algumas horas é que as articulações voltam a ter alguma mobilidade. Em casos muito graves, a artrite reumatóide destrói as articulações.

A artrite reumatóide não tem uma causa exacta, e é considerada uma doença auto-imune. Algo de anormal leva a um processo inflamatório do revestimento das membranas sioviais das articulações (membranas que produzem um líquido sinovial que permite o deslizar de um osso sobre o outro). A membrana sinovial inflama, incha e aumenta, a inflamação espalha-se pela cartilagem, desgastando-a.

A artrite reumatóide ainda não tem cura, mas há estratégias que podem ser eficazes no alívio de sintomas. A aspirina é muitas vezes receitada em casos ligeiros de artrite reumatóide. Os anti-inflamatórios não esteróides (AINE) são medicamento anti-inflamatórios que ajudam a aliviar a dor e a rigidez.

Medicamentos anti-reumáticos abrandam o avanço da doença. A fisioterapia poderá ser uma forma de ajuda, uma vez que diminui a rigidez e a dor nas articulações. A via cirúrgica só é necessária quando a artrite reumatóide já está muito avançada.

Artrite Séptica ou infecciosa

A artrite séptica é um tipo de artrite que resulta na invasão de um agente infeccioso, como um fungo, uma bactéria ou um vírus, produzindo a artrite na articulação que invadiu. O microrganismo após entrar na articulação desencadeia um processo de inflamação intenso. Este tipo de artrite é o único causado por agentes infecciosos e é mais frequente em jovens, afectando no máximo duas articulações.

Os pacientes que sofrem de artrite séptica devem sentir como sintomas edema, calor, rubor e dor nas articulações afectadas. A capacidade de mover a articulação afectada também está bastante reduzida. A dor é sentida de forma intensa, não alivia com o repouso, e pode persistir durante duas semanas. As principais articulações afectadas são nos joelhos, anca ou ombro.

O que Procura?
Tendinite na Mão (Inflamação que ocorre nos tendões flexores da mão)

O tratamento deverá ser feito assim que haja uma suspeita de infecção, através do uso de antibióticos, de preferência por via endovenosa.

Artrite Psoriática

Fotos de artrite psoriática

A artrite psoriática é um tipo de artrite que afecta algumas pessoas que sofrem de psoríase, cerca de 10 anos após o diagnóstico desta. A doença normalmente, manifesta-se através de um ou mais dos seguintes sintomas: cansaço, desconforto com dor e inchaço dos tendões e/ou em alguma das articulações, dor e inchaço nos dedos dos pés ou das mãos, movimentos “presos”, lesões nas unhas (perda da própria unha).

O tratamento na artrite psoriática passa por diminuir a inflamação das articulações através do uso de medicamentos anti-inflamatórios não esteróides (AINE). Os primeiros AINE utilizados neste tratamento são o diclofenac, naproxeno e ibuprofeno. Noutros casos, pode ser necessário recorrer a injecções de corticosteróides na articulação, apesar de haver quem defenda que os corticosteróides poderão desencadear o aparecimento de novos episódios de psoríase.

Como tratamento não farmacológico, podem ser adoptadas algumas técnicas de forma a aliviar a dor, por exemplo:

  • Controlar o peso, mantendo o peso ideal;
  • Manter uma dieta saudável;
  • Repousar;
  • Fisioterapia;

Artrite úrica ou gotosa

A artrite úrica é a inflamação das articulações devido a depósitos de ácido úrico nestas, causado principalmente pelo consumo excessivo de alimentos ou suplementos ricos em proteínas, que eleva os níveis de ácido úrico no sangue (hiperuricemia). Os sintomas da artrite gotosa manifestam-se principalmente durante a noite, com o sentimento de um calor, rubor, inchaço e uma dor extrema, principalmente na articulação do dedo do pé.

O tratamento da artrite úrica pode ser feito com plantas diuréticas de acção uricosúrica (plantas diuréticas que actuam eliminando ácido úrico com a urina), ou até mesmo com alguns alimentos. Essas plantas e alimentos são:

  • Alho cru;
  • Sumo de limão;
  • Chá ou sumo fresco de urtiga-maior;
  • Uvas;
  • Chá de folhas de bétula;
  • Morangos;
  • Cerejas;
  • Chá de ulmeira;
  • Chá da raiz de harpagófito;
  • Chá de folhas de azevinho

No tratamento farmacológico são utilizados analgésicos e colquicina. Para reduzir os níveis de ácido úrico, é administrado alopurinol. Alguns corticosteróides ou anti-inflamatórios não esteróides (AINE) também podem ser utilizados para provocar um alivio da dor.

O que Procura?
5 Possíveis Tratamentos para a Hérnia de Disco

Pessoas que sofram deste problema, devem evitar alimentos ricos em proteínas, como as carnes vermelhas, o marisco, os enchidos, e as bebidas alcoólicas.

Artrite Idiopática ou reumatóide juvenil

Este tipo de artrite é uma artrite que afecta crianças e adolescentes, com uma causa desconhecida. A causa da deste tipo de artrite é desconhecida, e afecta tanto as articulações, como alguns órgãos, como é o caso do coração e dos pulmões. Os sintomas habituais da artrite idiopática são as febres altas, acima de 40ºC, o aparecimento de erupções cutâneas, dores musculares e dores nas articulações.

O tratamento da artrite idiopática passa pelo uso de anti-inflamatórios e medicamentos imunossupressores. Também é aconselhável a fisioterapia para aliviar a dor das articulações, e a prática de actividade física sem fazer esforços nas articulações.

17. novembro 2014 by Rodrigues

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *