Tipos de Lipoaspiração - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Tipos de Lipoaspiração

Atualizado em 13 Janeiro, 2018

A gordura localizada é um dos problemas estéticos mais habituais, tanto em homens como mulheres.

lipoaspiração nos braços

Apesar de muitas pessoas seguirem dietas equilibradas e promotoras da perda de peso e de massa gorda, e fazerem atividade física de uma forma regular, nem sempre é possível queimar aquelas gordurinhas localizadas em determinadas zonas do corpo.

No entanto, a medicina estética oferece várias soluções para conseguir eliminar as gorduras localizadas, e assim, melhorar o contorno corporal. Um dos métodos mais habituais para acabar com as gordurinhas é a lipoaspiração.

Este método consiste basicamente na retirada da gordura acumulada numa dada parte do corpo através da sua aspiração. Confira de seguida os vários tipos de lipoaspiração.

Tipos de lipoaspiração

Qualquer um dos seguintes tipos de lipoaspiração tem resultados bastante eficazes no combate às gorduras localizadas, deixando a figura mais definida e bonita.

Contudo, caso o paciente volte a engordar, o contorno corporal e a pele podem ficar deformados e com irregularidades. Como tal, é essencial que adote um estilo de vida saudável, de modo a manter a sua figura esbelta e bonita. Confira de seguida os vários tipos de lipoaspiração.

Lipoaspiração tradicional

A lipoaspiração tradicional tem um funcionamento bastante simples, consistindo na sua retirada através de uma cânula, por onde a gordura é aspirada para fora do corpo, sendo imediatamente deitada fora.

Técnicas utilizadas:

SuperWet, Wet e Tumescente

A técnica super wet consiste na colocação de uma quantidade de líquidos igual á quantidade de gordura aspirada. Isto é, para o cirurgião remover 2 litros de gordura, terá de infiltrar 2 litros de soro.

Na técnica Wet o Cirurgião plástico injeta menos liquido que a quantidade de gordura aspirada.

Dá-se o nome de técnica tumescente, quando o cirurgião infiltra 2 a 3 vezes a gordura removida.

Lipoaspiração tumescente

Na técnica tumescente, as áreas que devem ser submetidas a lipoaspiração são tratadas com anestesia local, sob a forma de grandes quantidades de lidocaína e adrenalina. O anestésico faz com que a gordura nas áreas tratadas “inche” e fique firme de modo a facilitar o processo.

Devido ao tecido adiposo nas áreas-alvo ficar inchado e mais volumoso, é mais fácil distinguir as áreas de gordura a serem aspiradas, o que resulta não só numa maior facilidade em todo o procedimento como mesmo no resultado final. Esta técnica pode durar cerca de 4 a 5 horas a ser realizada.

Técnica Super-wet

A técnica super wet tem uma natureza muito semelhante à técnica tumescente, exceto que esta utiliza significativamente menos lidocaína e epinefrina; cerca de um terço a menos.

Devido a este facto, o espaço no qual a cirurgia será realizada não fica devidamente anestesiado, e será necessária uma sedação intravenosa ou anestesia geral.

Esta cirurgia pode ser realizada em cerca de 1 a 2 horas. Além disso, sob anestesia geral os médicos têm o opção de poder executar outras cirurgias em conjunto além de lipoaspiração, se o doente assim o desejar: é uma opção que não estaria disponível com a técnica tumescente.

Lipoescultura

No caso da lipoescultura, ao contrário da lipoaspiração tradicional, a gordura aspirada é aproveitada, de modo a esculpir o corpo e a deixar o seu contorno mais definido.

Assim, a gordura aspirada é tratada, e de seguida, novamente injetada em regiões do corpo com falta de volume, como as pernas, seios, panturilhas, o bumbum, ou mesmo no rosto, para suavizar marcas de expressão e rugas.

Lipoaspiração ultrassônica

Na lipoaspiração ultrassônica (Lipoaspiração assistida com ultra-som), o cirurgião plástico irá utilizar um aparelho de ultrassom para desfazer a massa gorda, facilitando a sua aspiração.

Assim, o cirurgião irá utilizar duas cânulas diferentes, de modo a desintegrar as células adiposas, ao mesmo tempo que consegue aspirar a massa gorda para fora da região intervencionada.

Estas cânulas especiais emitem energia ultra-sônica que ajuda a liquefazer a gordura, permitindo assim uma maior precisão em áreas menos gordas mas que têm uma elevada quantidade de músculos e tendões.

O líquido gorduroso resultante deste ultrassom é então removido através de métodos tradicionais de lipoaspiração. Este tipo de lipoaspiração tem uma duração maior que a tradicional, mas é inferior á lipoaspiração tumescente.

Lipoaspiração a laser

Na lipoaspiração a laser, o cirurgião irá colocar um laser na ponta de uma das cânulas introduzidas na região intervencionada, que irá ter ajudar a liquidificar a massa gorda, de modo a facilitar a sua retirada.

Vibro lipoaspiração

A vibro lipoaspiração, tal como a lipoaspiração ultrassônica, irá também desintegrar as células gordas, para facilitar a retirada da aspiração. Contudo, neste método, em vez de ultrassom, é utilizada vibração emitida pelo aparelho.

Fotos antes e depois

Lipoaspiração Não Invasiva

Depois existe ainda a lipoaspiração sem cirurgia que nada tem a ver com uma lipoaspiração. São tratamentos indolores e não invasivos que modelam a silhueta atraves da redução de gordura localizada, celulite e pele casca de laranja.

Alguns bons exemplos deste género de tratamentos minimamente invasivos são o ultrashape, a cavitação, o velashape, accent, ultracontour, lipo laser orysis, velasmouth, a mesoterapia, a carboxiterapia, manthus, smartlipo entre outros.

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *