Transporte de Gases

De acordo com dados colhidos em São Paulo, estado, dentre os diversos segmentos que atuam com manuseio de produtos perigosos, as atividades de transporte rodoviário consistem nas maiores causadoras de acidentes, ocorrências que envolvem vazamentos de produtos muitas vezes gerando danos graves ao meio ambiente.

Veículos utilizados no transporte de gases, por exemplo, costumam circular em áreas largamente povoadas que podem ser consideradas como vulneráveis se considerarmos o aspecto ambiental, desta forma se agravam os impactos ambientais atingindo às comunidades em caso de acidentes.

Os Danos

O vazamento acidental de diversos tipos de produtos químicos nocivos ao meio ambiente, conforme as características químicas, físicas e toxicológicas das substâncias, podem gerar tipos de impactos diferentes, causando diversos danos ao meio ambiente, à segurança e saúde da população e também ao patrimônio seja ele público ou privado.

Sendo assim existe uma legislação em vigor determinando que todos os veículos destinados ao transporte de produtos perigosos precisam fornecer informações que venham facilitar a identificação dos tipos de produtos que estão sendo transportados, bem como os respectivos riscos que eles oferecem.

Classificação

Produtos perigosos como gás e outros pertencem a uma classificação que foi organizada pela ONU – Organização das Nações Unidas. São 9 classes de riscos com suas respectivas subclasses.

Na classe 1 estão os explosivos, na classe 2 os gases, na classe 3 os líquidos inflamáveis, na classe 4 os sólidos inflamáveis, na classe 5 peróxidos orgânicos e substâncias oxidantes, na classe 6 substâncias infectantes e substâncias tóxicas, na classe 7 o material radioativo, na classe 8 as substâncias corrosivas e na classe 9 artigos e substâncias perigosas diversas.

Os Gases

Se subdividem em inflamáveis; não tóxicos e não inflamáveis e gases tóxicos.

Os inflamáveis, como o próprio nome já demonstra, são os que inflamam em contato com o ar sob determinadas circunstâncias específicas, mas de qualquer forma apresentam riscos no manuseio e transporte.

Já os gases não tóxicos e não inflamáveis são oxidantes e asfixiantes oferecendo também riscos à saúde.

Os gases tóxicos são corrosivos e tóxicos constituindo riscos à saúde.

Identificação nos Veículos

Os retângulos cor de laranja é que identificam o transporte de cargas perigosas, estes retângulos podem ou não conter algarismos em duas linhas (PAINEL DE SEGURANÇA) e losangos (RÓTULOS DE RISCO).

Ambos podem se apresentar com diversos símbolos e cores que correspondem às classes de riscos dos produtos a serem identificados.

Todas as embalagens precisam ter os RÓTULOS DE SEGURANÇA e também os RÓTULOS DE RISCO contendo as informações pertinentes a cerca do armazenamento, manuseio e emergência.

Prática Comum

O simples transporte de gás de cozinha em motos e bicicletas já constitui um grande risco à população e é uma prática ilegal, apesar de muito comum.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 2:54 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)