Fotos Antes e Depois

Tratamento para Artrose

Também conhecida por osteoartrite, a artrose é a forma mais comum de artrite, sendo uma doença que se caracteriza por afetar as articulações, causando especialmente o desgaste da cartilagem que recobre as extremidades dos ossos.

Exercícios de fisioterapia para tratamento da artrose no joelho

Além deste desgaste, esta doença pode ainda causar danos em estruturas articulares como o líquido e a membrana sinovial, e os ligamentos. Como a cartilagem da articulação tem como função permitir o deslizamento suave e sem atrito entre as extremidades de dois ossos, quando ela é afetada, o atrito surge, causando sintomas como inchaço, dor e dificuldades em se movimentar.

A artrose é um problema de saúde que pode afetar várias articulações do corpo humano, atacando no entanto com maior frequência as articulações dos joelhos, coluna, mãos e quadris. Esta doença não tem cura, piorando gradual e progressivamente ao longo do tempo.

Contudo, com o devido tratamento, é possível retardar a sua progressão, melhorar a função articular, e ainda, aliviar os sintomas. Confira neste artigo as causas, fatores de risco e sintomas da artrose, e ainda, qual o tratamento mais adequado.

Causas da artrose

A artrose é uma doença que pode ser causada por vários motivos e fatores. Tendo em conta a sua origem, a artrose pode ser primária ou secundária. Conheça melhor as causas da artrose, e ainda, os fatores de risco.

Artrose primária

A artrose primária decorre essencialmente do desgaste das articulações, seja pelo envelhecimento natural, seja devido ao uso excessivo ao longo da vida. A utilização em excesso de uma articulação ao longo do tempo acaba por danificar a cartilagem, causando assim o surgimento de inchaço e dor. Além disso, com a deterioração gradual, ocorre também a degeneração da membrana e líquido sinovial, agravando o problema e intensificando os sintomas.

Artrose secundária

A artrose secundária é um tipo de artrose causada por condições ou doenças de que o indivíduo sofra, como por exemplo anomalias congénitas, artrite reumatoide, gota, trauma articular repetido ou decorrente de uma cirurgia, diabetes, obesidade, etc.

O que Procura?
Cistite

Entre os vários fatores de risco que elevam a possibilidade de surgimento de artrose, encontram-se os seguintes:

  • deformidades ósseas congénitas;
  • existência de doenças como doença de Paget, hipotireoidismo, diabetes, gota, etc.;
  • idade avançada, sendo que o envelhecimento é um dos maiores fatores de risco;
  • lesões articulares no seguimento da prática desportiva, acidentes ou ferimentos;
  • peso em excesso, já que eleva a sobrecarga sobre as articulações, especialmente nos joelhos;
  • profissões que exijam um movimento repetitivo;
  • ser do sexo feminino, já que há maior propensão neste género para o surgimento de artrose.

Sintomas de Artrose

Ao contrário de outras formas de artrite, a artrose apenas afeta as articulações. Sendo assim, os sintomas centram-se todas na região da articulação afetada e em todas as atividades em que ela seja necessária. Assim, os sintomas da artrose incluem:

  • dor nas articulações;
  • calor;
  • inchaço;
  • rangidos;
  • rigidez articular após um período longo parado (por exemplo, após estar muito tempo sentado);
  • limitação funcional (dificuldade em movimentar a articulação afetada).

Tratamento para artrose

Como já referimos anteriormente, não existe cura para a artrose, sendo uma doença que piora progressivamente ao longo do tempo. Contudo, essa progressão pode ser retardada e os sintomas atrás apresentados minimizados. Conheça de seguida os vários tratamentos possíveis para indivíduos que sofram de artrose.

Dependendo a condição de cada paciente, o tratamento para artrose pode incluir a toma de medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos, infiltrações com corticoides e sessões de fisioterapia. Quando estas formas de tratamento não são suficientes, pode ainda ser realizado um procedimento cirúrgico.

É também essencial adotar alguns hábitos de vida mais saudáveis e adequados a essa condição, como ter uma alimentação balanceada, ingerir muita água, descansar com frequência, não fazer grandes esforços, e praticar exercício físico apropriado, sob orientação de um fisioterapeuta ou um técnico de desporto.

Medicação para artrose

Entre os vários medicamentos utilizados para aliviar a inflamação, inchaço e a dor, encontram-se vários anti-inflamatórios e analgésicos. Estes incluem aspirina, naproxeno, paracetamol e ibuprofeno. Podem ainda ser usadas pomadas de aplicação tópica, como por exemplo o voltarem ou o reumon gel.

O que Procura?
Dor muscular - Causas, Tratamentos e Formas de Alívio

Há ainda outros remédios, mais direcionados para ajudar na regeneração da cartilagem das articulações afetadas. Como exemplos existem o Condroflex e o Artrolive. Outros exemplos de remédios para o tratamento da artrose incluem:

  • Superflex-3 (com base em condroitina, glucosamina e MSM);
  • Ranelato de estrôncio (Protelos, Osseor);
  • Salicilato de dietilamina (Reparil);
  • Diclofenaco dietilamônio (Cataflan).

Apesar de alguns destes remédios poderem ser comprados sem prescrição médica, é aconselhado que consulte um médico para que este defina o tratamento mais adequado para si.

Fisioterapia para artrose

A fisioterapia para a artrose tem como função ajudar a proteger a articulação e reduzir os sintomas dolorosos e funcionais. Assim, através de terapia térmica (frio e calor), aparelhos fisioterápicos, e exercícios de fortalecimento muscular e mobilização, é possível evitar a destruição da cartilagem e reduzir o desconforto e a dor. Além disso, como fortalecimento muscular, a sobrecarga sobre a articulação diminui, ficando assim mais protegida do desgaste diário.

Cirurgia para artrose

Nos casos em que o tratamento medicamentoso e fisioterápico se revelem insuficientes para aliviar os sintomas e reduzir a limitação funcional, o tratamento cirúrgico surge como última hipótese de dar maior qualidade de vida ao paciente. Contudo, a cirurgia deve ser sempre o último recurso, já que o procedimento pode implicar sequelas de natureza permanente, como por exemplo a redução da amplitude do movimento da articulação em causa.

Remédios caseiros e 100% naturais para o tratamento da artrose

Além das várias soluções de tratamento clínico, há ainda outras opções naturais, que podem complementar o processo. Ou seja, os seguintes tratamentos naturais permitem ajudar a aliviar o problema, mas sempre juntamente com o tratamento médico definido, e não como seu substituto. Confira de seguida vários exemplos de tratamentos caseiros e naturais para a artrose.

Chá de sementes de sucupira

A sucupira é um planta medicinal que possui um efeito regenerador e calmante das articulações, sendo por isso bastante útil quando tomado complementarmente com o tratamento médico. Para fazer este chá deve colocar 12 sementes esmagadas de sucupira num litro de água fervente, e ingerir várias vezes ao dia. Há ainda cápsulas de sucupira, que pode tomar duas vezes por dia.

O que Procura?
Hiperuricemia

Chá de salgueiro e ulmária

Este chá de ervas medicinais, tendo em contas as propriedades de cada uma delas, pode ser muito útil para combater a artrose, mas também a gota e a artrite. O salgueiro possui propriedades antirreumáticas, enquanto que a ulmária tem propriedades anti-inflamatórias.

Para fazer este remédio caseiro para a artrose deve colocar um copo de água, uma colher de sopa de ulmária e uma colher de sopa de casca de caule de salgueiro numa panela e colocar ao lume. Depois de levantar fervura, deixe ficar 5 minutos e desligue. Tape e deixe esfriar, e logo que estiver morno, pode coar e beber. Este chá deve ser tomado de manhã e à noite, uma xícara de cada vez.

Cataplasma de sementes de sésamo

Quando sentir dor na articulação pode colocar uma trouxinha de pano aquecida no micro-ondas, com sementes de sésamo no seu interior. Depois, coloque essa trouxinha sobre a articulação durante cerca de 15 a 20 minutos, ajudando a reduzir o desconforto e a dor. Outra possibilidade é simplesmente colocar um saco de água quente sobre a articulação afetada.

02. Maio 2015 by Filipe

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *