Tratamento para Choque Anafilático

O choque anafilático também conhecido como anafilaxia é uma reação alérgica grave que pode colocar a vida da pessoa em risco, pelo que deve ser tratado assim que os primeiros sintomas surgem. Este é um problema sério que nunca deve ser ignorado ou desvalorizado.

Sempre que uma pessoa é alérgica a algo e é exposta a essa substância, desenvolve uma reação que pode ser suave ou mais severa, dependendo do nível de alergia que sofre e do grau de exposição ao agente agressor.

Sempre que surge um quadro clinico que envolve sintomas como dificuldade em respirar, inchaço da garganta, olhos ou rosto, vermelhidão e coceira no corpo e aumento dos batimentos cardíacos, é possível que se esteja perante uma alergia severa e é necessário iniciar um tratamento para choque anafilático.

O tratamento para o choque anafilático deve ser feito por profissionais de saúde, pelo que é de extrema importância encaminhar a pessoa para um hospital o quanto antes.

No hospital, o tratamento é feito, por norma, com recurso a adrenalina, que vai fazer com que o organismo estabilize as suas funções de uma forma rápida.

No entanto, o tratamento para o choque anafilático não termina aqui, é frequente haver novas reações alérgicas do corpo nas horas seguintes ao choque inicial, mesmo que a pessoa não esteja exposta ao agente que provocou a alergia.

Por esta razão, os médicos podem aconselhar a toma de um corticoide que vai reduzir a probabilidade de surgimento de uma segunda reação alérgica.

Caso a pessoa tenha manchas vermelhas e coceira no corpo, também pode ser aconselhado tomar um anti-histamínico.

Sempre que há um caso de um choque anafilático é importante perceber o que provocou a alergia, por forma a evitar novo contato com esse agente. Para tal, pode ser feita uma consulta num alergologista que fará todos os testes de despistagem de alergias necessários.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 01/10/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 1/10/2018 às 12:22 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)