7 Tratamentos Eficazes para Lombalgia e Alguns Cuidados a Ter - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

7 Tratamentos Eficazes para Lombalgia e Alguns Cuidados a Ter

Uma dos problemas mais comuns em ortopedia é a lombalgia.

Esta condição de saúde, que se caracteriza pelo surgimento da sensação de dor no fundo das costas (coluna lombar), ou nas articulações sacroilíacas da coluna, é bastante frequente.

Lombalgia

Em algumas situações, esta dor pode até espalhar-se para as pernas ou para as nádegas.

Quando surge, é um problema que pode ser bastante debilitante, estando geralmente associado a levantamento de pesos excessivos ou posturas incorretas.

Pode ainda estar relacionado a outros problemas ortopédicos. Conheça um pouco melhor este problema de saúde, e ainda, como tratar e prevenir a lombalgia.

Causas da lombalgia

A lombalgia é um problema que surge geralmente devido à utilização incorreta ou excessiva das estruturas dorsais, mas também, devido a um traumatismo ou a alguma deformidade anatômica já existente.

No entanto, há várias outras causas que podem levar ao surgimento da dor lombar. Confira de seguida as várias causas desta dor na região lombar da coluna:

– preparação física inadequada e insuficiente;

– posturas erradas;

– movimentos e esforços repetitivos;

– levantamentos de pesos excessivos de uma forma incorreta;

excesso de peso;

– posições não ergonômicas em situações prolongadas, como no trabalho ou no estudo;

– bicos de papagaio;

– osteoartrose da coluna;

osteoporose;

– traumatismos.

Sintomas da lombalgia

Como referimos em cima, a lombalgia é uma condição de saúde dolorosa e que pode ser debilitante. Os seus sintomas incluem:

dores na zona lombar (no fundo das costas), que podem irradiar para nádegas e pernas;

– aumento da tensão muscular e surgimento de contraturas na região afetada;

– desconforto em posições habituais, como a dormir, sentado ou a caminhar;

– dificuldade em manter-se em pé ou sentado durante muito tempo.

Como diagnosticar

Caso suspeite que tem uma lombalgia, deve então consultar um médico ortopedista. Este irá começar por realizar uma observação clínica aos sintomas apresentados, e depois, pedir vários exames, nos quais se incluem o raio-x e uma ressonância magnética.

Estes serão úteis para verificar se existe alguma doença ortopédica responsável pela dor lombar, como por exemplo bicos de papagaio. Caso se confirme a lombalgia, será então definido um tratamento adequado.

Tratamento

Sendo a lombalgia uma condição de saúde e não propriamente uma doença, o seu tratamento é apenas realizado durante uma crise.

Assim, o tratamento para a dor na região lombar consiste basicamente em repouso, a aplicação de quente, e ainda, na toma de um analgésico, anti-inflamatório e um relaxante muscular.

Existem ainda exercícios de alongamentos que podem ser muito úteis, e que iremos explicar como fazer mais em baixo.

Estes exercícios, além de ajudarem a desinflamar a região afetada, irão ainda alongar os músculos, promovendo assim a reposição da integridade da coluna.

Nalgumas situações, a dor lombar pode tornar-se crônica, sendo que nestes casos, apenas a toma de anti-inflamatórios e restantes formas de tratamento não são suficientes para aliviar a dor.

Para estas situações é necessário o tratamento fisioterapêutico, onde com recurso a aparelhos específicos que atuam diretamente na origem da dor, se consegue aliviar o desconforto.

Durante a crise é essencial seguir algumas dicas, de modo a evitar o seu agravamento.

Levantar e sentar-se de modo a não fazer pressão sobre as costas e evitar situações de stress que levem ao aumento da tensão muscular, são alguns exemplos.

Depois de reduzir a inflamação e a dor, é altura de começar a realizar alguns exercícios e corrigir posturas erradas, de modo a evitar reincidências do problema.

Para isso é excelente a prática de natação, que promove o fortalecimento da musculatura das costas, mas também pernas e coxas, responsáveis por manter a coluna direita.

Dessa forma, além de fortalecer os músculos da zona lombar, promove ainda uma postura mais correta, que ajudará a prevenir futuras crises de lombalgia.

Tratamento caseiro com exercícios de alongamentos

Exercícios Para Lombalgia

Como foi anteriormente mencionado, durante o tratamento pode ser muito útil realizar exercícios de alongamentos apropriados, que irão ajudar a reduzir a inflamação e a alongar os músculos.

Confira de seguida como fazer alguns exercícios de alongamento para a dor na região lombar.

Exercício nº 1

Passo 1 – Deite-se com a barriga virada para cima.

Passo 2 – De seguida dobre as suas pernas e abrace-as na zona dos joelhos.

Passo 3 – Puxe depois as pernas contra o seu peito, até que consiga sentir a sua coluna lombar a esticar.

Passo 4 – Mantenha essa posição durante cerca de 30 segundos, voltando depois lentamente à posição inicial.

Exercício nº 2

Passo 1 – Deite-se de barriga para cima.

Passo 2 – Seguidamente, dobre as pernas, de modo que a sola dos pés fiquem no chão e os joelhos colados.

Passo 3 – Deixe cair lentamente as pernas para o lado esquerdo, sentindo a zona lombar a alongar.

Passo 4 – Respirando fundo, deixe que os músculos apenas cedam com a força da gravidade.

Passo 5 – Deve manter essa posição durante cerca de 30 segundos, voltando depois lentamente à posição inicial. Repita no lado direito.

Tratamento caseiro com compressa quente

Massagem Para Aliviar A Dor Causada Pela Lombalgia

A aplicação de uma compressa quente é uma das medidas mais eficazes, pois ajuda bastante a aliviar o desconforto.

Para isso deve deitar-se de barriga para baixo, e de seguida, colocar um saco de água quente na zona afetada, deixando aí durante cerca de 20 minutos.

Cuidados a ter para prevenir o surgimento da dor lombar

Há algumas medidas importantes de modo a evitar o surgimento de uma lombalgia, ou então, que ela se repita. Estes cuidados incluem:

– durante o sono preferir dormir de lado ou com a barriga para cima;

– melhorar a postura;

– procurar sentar-se sempre com as costas direitas, mantendo a sua curvatura natural, isto é, ligeiramente curvada para dentro;

– quando sentir dores na zona lombar, evite levantar objetos pesados;

– sempre que necessitar de se baixar ou apanhar algo do chão, não dobre a coluna, preferindo agachar-se dobrando os joelhos.

Atualizado em 16 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade