Tratamento para Meningite - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Tratamento para Meningite

Atualizado em 13 Janeiro, 2018

O tratamento da meningite é determinado pelo tipo de meningite e pelo organismo que causou a doença.

A meningite viral normalmente requer apenas cuidados paliativos que podem incluir descanso na cama, ingestão de líquidos para prevenir desidratação e analgésicos para reduzir a febre e dores.

A meningite causada por herpesviridae pode ser tratada utilizando medicação antiviral. Os efeitos secundários destas medicações incluem náusea, vómitos e dores de cabeça.

Quando se suspeita de meningite bacteriana, aplica-se imediatamente um tratamento antibiótico via intravenosa no hospital para prevenir complicações e estragos a nível neurológico.

Doentes em estado avançado e grave são tratados imediatamente com uma combinação de antibióticos.

A anfotericina B e fluconazol têm sucesso contra a maior parte dos fungos causadores de doença e são os escolhidos no tratamento de meningite fúngica.

Os efeitos secundários possíveis incluem náusea, vómitos, diarreia, dores de cabeça, irritações na pele e dores abdominais.Anfotericina administrada por via intravenosa pode produzir os mesmos efeitos secundários, além de arrepios e febre, batimento cardíaco mais lento, baixa pressão arterial, dores corporais e perda de peso.

A meningite parasitária é normalmente tratada com um derivado de benzimidazol ou outro agente vermicida.

As complicações que podem desenvolver-se também deverão ser tratadas. Corticosteroides podem ser administrados para reduzir o risco de perda de audição.

O aumento de pressão intracraniana pode ser reduzido com diuréticos e um desvio cirurgicamente implantado pode drenar o excesso de fluídos.

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *