Traumatismos Faciais

Saiba tudo sobre o Tratamento das fraturas faciais e correcção das suas consequências, Trauma e fraturas de face, mandíbula, maxilar, órbita, face frontal do nariz. Traumatologia. Osteossíntese

O trauma facial e as suas sequelas são um dos problemas mais importantes na recuperação da vida normal depois de um acidente.

Apesar da alta frequência a maioria destes tem um tratamento simples, e a recuperação é muito boa. Ambas as cicatrizes como as fraturas simples dos ossos do nariz e assim por diante são abordadas de forma satisfatória.

O objetivo deste trabalho é dar orientação sobre os princípios fundamentais que regem o tratamento das lesões ósseas faciais e os métodos de correção e as expectativas que possam ter.

O tratamento precoce das fraturas faciais

Os princípios que regem esses tratamentos são baseados nos seguintes pontos:

“As fraturas devem ser operadas logo que possível para facilitar a correcta aposição dos fragmentos.

“O fragmento ósseo deve ser anexado, se possível, com uma osteossíntese rígida para evitar o deslocamento.

“Eles devem ser levados em consideração no tratamento de metas funcionais, como o posicionamento correto dos músculos do olho, ou na oclusão dentária, bem como nos aspectos estéticos é importante para restaurar a funcionalidade completa do rosto.

Pode ver nesta intervenção chamada de ” Cirurgia ortognática ” fez-se um avanço da maxila e uma redução de mandibula restabelecendo-se assim uma melhor função respiratoria e mastigatória .

Fraturas envolvendo o osso frontal. Elas tendem a estar fora do crânio, a este nível e raramente afetam o espaço intracraneal , exceto lesões muito graves. De particular importância é a possível fratura do seio frontal ou recesso no anterior e inferior da face, na sua linha média.

Fraturas Nasais. Estas são as mais frequentes. O Seu tratamento envolve a colocação do osso nasal no lugar e o confinamento em uma tala por uns dias. Às vezes é necessário ser re-estabelecida após a fratura para corrigir as consequências do formulário.

As fraturas da órbita: A enoftalmia clínica mais comum está afundanda como uma parede que aumenta a cavidade orbitária no globo ocular que entra em colapso. A correção é substituir estas paredes.

Fraturas do malar ou osso malar. Este é um outro tipo muito comum de fratura. O fuso é muito instável e se não for devidamente corrigido pode levar ao afundamento do osso malar e por vezes necessitando de uma reoperação.

Fraturas Maxilares: São chamadas de fraturas de Le Fort I, II e III, dependendo da altura. Nestes casos, o que é realmente importante é o restabelecimento da oclusão dentária e a substituição de dentes ausentes.

Fraturas de mandíbula: Elas também são muito comuns e variam de ( fraturas de ângulo , fraturas condilares e horizontais, sucursais ou symphyseal e parasymphyseal). O seu impacto é visto na oclusão dentária .

Sequelas. Se a fratura é mal tratada durante a fase inicial, uma vez que a consolidação não tem sido boa pode-se refracturar da área e colocar em uma melhor posição. É geralmente um pouco mais difícil do que as intervenções de fraturas agudas, mas os resultados são bons.

Malformação vascular

malformação vascular antes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Fissuras labiais

fissura labial

 

 

 

 

 

 

 

 

 

resultado final

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Palato mal formado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se você tiver qualquer dúvida sobre o seu problema particular, deixe o seu comentario.

Vamos tentar esclarecer as suas dúvidas sempre que possível.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 15/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Esta matéria tem 15 Comentários
  1. Uallace Reply

    Bom dia!
    No meu caso, eu passei por uma cirurgia de reconstrução facial onde tive diversos traumas, isso já faz 9 anos, gostaria de saber se teria risco em praticar boxe

  2. Tiago gomes Reply

    Tenho uma fratura no rosto abaixo do olho foi uma cabeçada o osso abaixou um pouco e um pouco de dormência no rosto queria saber se com o tempo a dormência passa?

  3. Thiago Reply

    Dr.. A mais ou menos 1 ano, sofri uma agressão onde quebrei a maça rosto e o arco que segura olho.. Fui submetido a uma cirurigia.. Onde apos ela.. Meus olhos ficaram caido, e meu rosto torto.. Isso
    Me encomoda muito, minha auto estima ficou muito baixa, mal consigon olhar ma cara das pessoas me afeta muito.. Gostaria de saber se existe cirugia para correcao..

    Please me responda.

  4. nilde Romão Reply

    Ola doutor meu marido sofreu um acidente no lado esquerdo da face próximo do olho ou melhor abaixo do olho e o osso que dar o preenchimento para as maçãs facial oque devo fazer com isso estou muito preoculpada isso aconteceu hoje. Ha Desculpas por não saber dizer o nome do osso da face

    • Rosana Reply

      Tive uma cliente estou com fratura de órbita e na maçã do rosto há quase 4 meses passei pelo buco maxilo farei tomografia mas para os médicos avaliar pelo tempo quw se passou se será necessário fazer cirurgia tenho medo existe algo estético a ser realizado a não ter que passar pelo cirúrgico? 9

  5. Zélia Reply

    Por causa de uma agressão física eu fiz uma cirurgia no arco zigomatico e agora estou com parestesia facial estou desesperada o que devo fazer pois o meu médico me deu alta sem me orientar me ajude doutor!

  6. Aline Reply

    Sofri um assalto e fui agredida tive fratura no arco zigomatico, tem 15 dias! Tenho mt receio de realizar cirurgia devido a proximidade do ramo zigomatico do nervo facial! Estou mt angustiada pois tenho uma semana p realizar a cirurgia devido a osteosdintese e p n necessitar de refraturar! Gostaria de saber se preenchimento com acido hialuronico eh uma saida eficaz!? E se for quanto tempo depois eh seguro eu realizar devido ao risco de osteomielite?? Estou desesperada!

  7. Arnaldo Reply

    Olá Dr. Tudo bem, por favor, gostaria de saber se o Sr. pode ajudar está pessoa, ele sofreu um acidente de moto em 13 de agosto deste ano onde fraturou a mandíbula e perdeu parte da gengiva. E encontra-se internado até o momento na Santa Casa de Santos (SP) sem previsão de alta.
    Já foram feitos estes procedimentos na boca do mesmo, fratura de mandibula 66 po redução +osteossintese de fratura de mandibula 3 placas fo evoluiu no 9 po com deicencia da região mentoniana 1/3 centarl fo intraoral com deicencia total subimetido a retalhoglossovestibular, que evoluiu com deicencia por 2 vezes 42 po ressutura de retalho glossovestibular 31 po retalho de lingua e correção de fistula .
    E ele obteve a informação dos médicos esta semana que não será feita mais nenhuma cirurgia e que a pele com o tempo vai cobrir, mas observando as fotos parece que ainda tem muito que fazer. Será que o Sr. pode ajudar ou indicar algum especialista na área para analisar o caso e passar o orçamento?
    Aguardo retorno e agradeço atenção

  8. ba Reply

    Olá, sofri agressão há 3 anos, que resultou no afundamento do osso frontal. Está assimetrico no lado direito, não e algo que todos percebam de cara e etc., mas, me incomoda profundamente, ao ponto de limitar meu convívio social, abandonar curso, coisa que nao faria por qq motivo. Quero procurar uma 2 opção, ja que o primeiro medico nao indicou, pois disse que nao era algo grave. Realmente e algo estétic, porém que significa muito pra mim. Quero saber se posso conseguir pelo sus e, se possível qual a média preço, e tambem sobre indicação baseando-se no meu caso? Obrigada demais. Pode enviar para meu email tambem?

  9. victor hugo cardoso de laet Reply

    ola
    gostaria de saber se tem como arrumar dentes com retração gengival pois vou fazer uma cirurgia ortognatica e estou com muita perda ossea…obrigado

  10. Racy Tomas Reply

    Preciso urgentemente de uma cirurgia, e que nao me sinto bem com a aparencia da minha face e que tenho dentes muito salientes o que chamam de mordida aberta, Gostaria de saber se em Moçambique isso e possivel.

  11. Cacá Reply

    Tive uma fratura no arco-zigomático e na órbita esquerda. Fui submetido a uma primeira cirurgia que ficou mal feita. Na segunda cirurgia a questão óssea ficou satisfatória, porém meu olho ficou um pouco mais fundo que o outro, apesar de se ter sido colocada uma espécie de lâmina na base do olho. Além disso, a palpebra do canto esquerdo não ficou rente ao olho, pois o ligamento foi rompido com a fratura e não se conseguiu encontrá-lo na cirurgia. Gostaria de saber se é viável fazer uma terceira cirurgia com um buco-maxilo para melhorar a posição do olho ou se devo procurar um cirurgião plástico, ou até mesmo um oftalmologista. Desde já agradeço a atenção!

  12. Elis Reply

    Meu caso é cirurgia mais eu não me incomodo,com nada em relação a minha estética e a minha saúde.Meu caso é classe 3,mais meu queixo é pequeno que nem dá pra notar bem esse problema.E eu me sinto super bem assim mesmo sem cirurgia,uso aparelho fixo mais já estou pra tirar e vou ficar usando um móvel.Eu gostaria de saber se é de uma certa maneira “obrigado” a fazer a cirugia quem tem esse problema.Obrigado!

    • admin Reply

      Não, de modo algum, se voce se sente bem fisica e psicologicamente não é necessario ter de recorrer nenhuma cirurgia de correção.

      Fique bem Elis.

      Sonia C

  13. claudio Reply

    eu tenho um probleminha maxilar…
    estou com muito medo de ser operado…
    to precisando muito de ajuda..
    tenho apenas 15 anos….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 15/01/2018 às 10:48 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)