Tromboembolia Venosa Pulmonar Aguda - Tratamento, Causas, Sintomas e Diagnostico
Fotos Antes e Depois

Tromboembolia Venosa Pulmonar Aguda

TROMBOEMBOLIA VENOSA PULMONAR AGUDA – CAUSAS, SINTOMAS E CARACTERISTICAS DO DIAGNOSTICO
. Observada em pacientes imobilizados com insuficiência cardíaca congestiva, em neoplasias malignas e após cirurgia ou traumatismo pélvico
. Início abrupto de dispnéia e ansiedade, com ou sem dor torácica pleurítica, tosse com hemoptise; síncope é rara, porém sugestiva de doença extensa
. Taquicardia e taquipnéia são mais comuns; P2 hiperfonético com B3 do lado direito típico, porém incomum; os achados de
trombose venosa periférica estão frequentemente ausentes
. Alcalose respiratória aguda e hipoxemia
. Desigualdade segmentar típica da ventilação e perfusão na cintigrafia de ventilação e perfusão
. A ultra-sonografia dos membros inferiores revela trombose venosa profunda em 50% dos casos
. A TC estabelece o diagnóstico em muitos pacientes, porém o valor preditivo negativo ainda não foi definido
. D/dímero quantitativo tem valor preditivo negativo excelente
. Em casos raros, a angiografia pulmonar é exigida para confirmar o diagnóstico

DIAGNOSTICO DIFERENCIAL
. Pneumonia
. Infarto do miocárdio
. Atelectasia
. Qualquer causa de dificuldade respiratória aguda (p. ex., pneumotórax, aspiração, edema pulmonar ou asma) ou derrame pleural
. Sepse incipiente
. Síndrome de Dressler

TROMBOEMBOLIA VENOSA PULMONAR AGUDA TRATAMENTO
. Anticoagulação: aguda com heparina (de preferência, heparina de baixo peso molecular em pacientes apropriados), e administração concomitante de varfarina, que é mantida por, no mínimo, 6 meses
. Terapia trombolítica inicialmente em pacientes selecionados com comprometimento hemodinâmico; efeito sobre a mortalidade
não demonstrado
. Colocação de filtro intravenoso na veia cava inferior em determinados pacientes que não sejam candidatos ou foram refratários à anticoagulação; valor a curto prazo apenas se houver desenvolvimento de vasos colaterais.

Dica
Dez por cento dos êmbolos pulmonares originam-se de veias nos membros superiores.
Referencia: Goldhaber SZ: Pulmonary embolism.

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Saúde com Ciência", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.