Fotos Antes e Depois

Varizes na Gravidez – Cuidados e como evitar

Saiba como evitar varizes na gravidez – Sempre tive má circulação, e assim, quando fiquei grávida, o problema agravou-se. Então, além do habitual peso nas pernas, comecei a sentir formigueiro e dores num determinado ponto. Um dia, examinando a zona, encontrei aquelas horrorosas veias nas minhas pernas», diz-nos uma leitora.

Além dessa sensação de fadiga e formigueiro, algumas mulheres sentem espasmos e dores numa determinada zona ou inclusivamente em todo o trajecto venoso. Outro sintoma típico são as pernas inchadas ao fim de cada dia. O aumento do volume de sangue, a pressão que o útero exerce sobre as veias da pélvis, os altos níveis de estrogéneos e progesterona favorecem as complicações circulatórias. Depois do parto as varizes costumam melhorar, por isso, convém esperar pelo fim da gravidez para as tratar. Entretanto, manteremos alguns cuidados básicos que aliviem a sensação de peso e a dor; assim evitaremos que se complique originando uma flebite.

Cuidados básicos
– Não permanecer sentada durante muito tempo seguido, nem com as pernas cruzadas. Repousar sempre com os pés elevados.

– Usar sapatos de tacão baixo.

– Caminhar muito e fazer exercício físico moderado.

– Vestir collants elásticos completos (nunca meias pelo joelho).

– Tomar banho com água tépida (o calor prejudica).

– Consultar o ginecologista sobre a possibilidade de usar produtos farmacêuticos (venóticos). Estes medicamentos diminuem a inflamação e favorecem a circulação.

Se três meses depois do parto, as varizes continuarem salientes e dolorosas, o médico pode recomendar tirá-las através de cirurgia.

28. junho 2010 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *