Entenda o que são Varizes e as 9 Principais Causas

As varizes são um problema vascular que afeta atualmente 35% das mulheres e 25% dos homens em todo o mundo.

É uma patologia que transcende e meramente estética que pode ter um impacto extremamente negativo sobre a saúde, sendo importante que sejam tratadas por profissionais qualificados.

Entenda O Que São Varizes E Porque Teve Tratá Las Com Urgência

O Que são varizes?

Varizes são veias dilatadas causadas por uma alteração das válvula – responsáveis por conduzir o sangue de volta ao coração.

Este transtorno provoca problemas de circulação sanguínea, cujos principais sintomas são inchaço, pernas pesadas, cólicas, comichão ou ardor, especialmente localizada nas extremidades inferiores.

O seu aparecimento pode ser um problema estético para quem as transporta.

Fazem parte de uma síndrome bem mais ampla, insuficiência venosa crônica, que a longo prazo pode piorar e tornar-se um grave risco para a saúde .

As varizes por vezes são manifestações externas do problema venoso interno vascular. Por esta razão, os angiologistas e os cirurgiões vasculares, profissionais que tratam estas doenças, aconselham a consulta de especialistas que podem diagnosticar o tipo de varizes presentes, e o tratamento mais recomendado, se necessário.

Prevalência

Podem ocorrer em qualquer pessoa, homem ou mulher em qualquer idade. Embora a maior prevalência ocorra na população adulta, mais especificamente entre os 40 e 60 anos, em geral, mas podem aparecer logo após os 18 anos.

Embora sejam mais mulheres do que homens a consultar o especialista, tem-se visto um grande número de homens também afetados por esta anomalia vascular. No entanto, apenas um homem para cada dez mulheres procura o médico – apenas quando a doença já está grave, e avançada.

Quais são as causas e fatores de risco

Os seres humanos são os únicos animais que sofrem de varizes.

A doença está intimamente ligada à hereditariedade (80% -90%). A predisposição genética a sofrer desta doença e o histórico familiar são a chave para prevenir o aparecimento do problema.

Existem outros fatores de risco que favorecem o seu aparecimento:

Trombose venosa profunda prévia.

A obesidade é um grande inimigo das varizes, porque aumenta a progressão da doença, devido à compressão aumentada no sistema venoso da pelve, o que torna o retorno do sangue, e também aumenta a taxa de complicações durante a cirurgia e tratamento pós-operatório.

A gravidez também, pela pressão que o bebê exerce sobre o útero e sistema venoso.

O sedentarismo. Os pés e os músculos das pernas são a força motriz do retorno venoso, se o estilo de vida é sedentário, o sistema não beneficia de válvula de contração muscular ou do desempenho do bloco, provocando a estagnação do sangue e aumentando a sobrecarga das válvulas.

Ficar sentado com as pernas cruzadas, exerce pouco exercício muscular.

Passar muito tempo em pé mas com pouca atividade muscular ou parado faz o sistema ter que trabalhar contra a gravidade.

Usar roupa apertada.

Uma dieta com muito sal, gordura, álcool ou cafeína.

Fumar.

Não prevenir ou tratar as varizes pode ter graves consequências na saúde daqueles que sofrem de problemas venosos.

Tratamento

As Varizes Antes E Depois Da Cirurgia

O tratamento normalmente envolve cirurgia ou procedimentos em que são administrados químicos através de agulhas inseridas nos vasos sanguíneos salientes – a conhecida escleroterapia por injeção.

O tratamento de primeira linha normalmente utiliza terapia de calor ou ablação térmica, administrada por laser ou ablação por radiofrequência. 

As meias de compressão podem ser usadas como preventivo ou para melhorar a circulação e impedir que estas se agravem.

Referências

https://www.mayoclinic.org/

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 25/06/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 25/06/2018 às 2:46 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)