Itália – Viagens a Itália e o que visitar em Itália

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018 - Publicado a 3 de janeiro de 2011

Dos Alpes à Sicília, Itália, o país em forma de bota, é um dos mais belos destinos do mundo. Da arte de Florença e Veneza à história de Roma e Verona, passando pelo encanto apressado de Nápoles, conheça um pouco mais deste recanto onde a moda, o futebol e a pizza são um modo de vida.

São famosos os nomes das principais cidades italianas, mas a nossa primeira sugestão é uma enorme reserva natural situada na fronteira com a Suíça e a França e que dá pelo nome de Valle d’Aosta. Particularmente rico em história e cultura, ideal para a prática de desportos de Verão e Inverno, é um local onde se pode sentir o ar fresco dos Alpes. Com os pulmões purificados, está-se então pronto para começar a descobrir Itália.

Foto – Casa típica valdostana em Crétaz (pron. “Créta”), distrito de Valtournenche.

Turim (situada numa região afamada pela sua cozinha e pelos seus vinhos) e Génova (cidade portuária onde a Città dei Bambini fascina os mais pequenos) antecedem a chegada a Milão. Repleta de galerias e museus, é a capital do estilo e do design , oferecendo um sem-número de possibilidades a todos os que gostam de arte e de fazer compras.

Continuando a percorrer o Norte, chegamos à região de Veneto, onde nos espera Veneza. Uma cidade de míticos canais que convidam a um passeio de gôndola e de ruazinhas onde é impossível não nos deixarmos perder até entrarmos, por exemplo, na Basílica de San Marco. Ali ao lado, e dando continuidade ao romantismo de Veneza, podemos visitar Verona, a cidade de Romeu e Julieta.

Foto – Basílica de Santa Maria della Salute em Veneza.

Mais a centro, encontramos Florença, uma verdadeira cidade museu, berço de artistas como Giotto, Miguel Ângelo, Brunelleschi ou Paolo Uccello e onde, entre muitos outros locais, não se pode deixar de visitar a catedral florentina, o Duomo. Já agora, não se esqueça de, a caminho de Roma, dar uma espreitadela à Torre de Pisa.

Chegamos então à capital: Roma, Cidade Eterna, o espelho de mais de dois mil anos de história. Para além do Vaticano, com a monumental Capela Sistina e a Basílica de São Pedro, é imperdoável não visitar as ruínas do Coliseu, a praça do Capitólio, a Piazza del Popolo (onde está uma das mais antigas portas da cidade) ou o Panteão.

Foto – O Coliseu de Roma tornou-se um dos símbolos da cidade por atestar a magnificência da arte e cultura da Roma Antiga.

Nápoles é o nosso próximo destino, oferecendo-nos um estilo de vida muito próprio, dado misturar o extremamente urbano com o histórico. Aqui há que estar preparado para uma verdadeira invasão das características motas Vespa. Este reboliço napolitano funciona como uma preparação para o que nos espera nas regiões da Sicília e Sardenha. Palermo e Cagliari são, respectivamente, as suas principais cidades, destinos procurados por oferecerem todo o encanto próprio de Itália e pelas praias que não apetece deixar.

Pizza e pasta

Mas visitar Itália é sinónimo também de comer e bem! Entre as várias receitas de polenta , os gnocchi e as sopas, quando pensamos na cozinha italiana, surgem-nos imediatamente dois nomes no pensamento: pizza e pasta , sendo que ambas têm uma origem curiosa e incerta.

Mais antiga do que parece, há quem defenda que a história da pizza remonta aos antigos hebreus e egípcios. Chamada “Pão de Abraão”, tratava-se de uma massa de farinha, água e sal que ia ao forno bem quente. Outros afirmam que foi a Roma de César que viu nascer esta receita. Então consumida pelos nobres, atribuíram-lhe o nome de “Piscea” e criaram-na mais elaborada, acrescentando-lhes ervas e alho. Certo é que quando o tomate chegou à Europa, pela mão de Cristóvão Colombo, as coberturas de pizza foram-se diversificando, até surgir, em finais do século xix , o primeiro pizzaiolo da história: Dom Raffaele Esposito, proprietário de uma famosa pizzeria de Nápoles, a Pietro il Pizzaiolo.

Quanto às massas, a teoria mais comum diz que foi Marco Polo quem as deu a conhecer aos venezianos, no século xiii , após uma das suas viagens à China. Outra versão refere que este alimento já era consumido por romanos e gregos da Antiguidade. Certeza absoluta há uma: foi em Itália que a pasta ganhou fama para depois cruzar fronteiras e ser apreciada um pouco por todo o mundo, em pratos tão variados como a lasanha, os canelones ou o esparguete à carbonara.

Ruas fashion

Quantas vezes já ouviu dizer que Milão é a capital da moda? Pois bem, nesta cidade do Norte de Itália, há um triângulo dourado de ruas – Via Montenapoleone, Via Sant’Andrea e Via Della Spiga – onde se pode perder entre montras das mais afamadas griffes mundiais, de Versace a Cartier, de Louis Vuitton a Dolce & Gabbana. Se não consegue chegar ao fim de uma viagem sem fazer compras, não perca ainda o centro histórico de Nápoles, a Via dei Tornabuoni, em Florença, nem a Via dei Condotti, a Via Borgognona ou a Via Frattina, em Roma. E tome nota: os preços na capital são, regra geral, mais baixos do que em Milão, Florença ou Veneza.

Sempre calcio

Os italianos são grandes entusiastas do futebol, algo que se sente facilmente quando se visita a Itália. Mesmo que o desporto-rei não lhe provoque grandes emoções, assistir a um Roma-Lazio, no Olímpico de Roma, ou a um Milan-Inter, em San Siro, será uma experiência para mais tarde recordar. Aliás, é impressionante constatar como clubes das mais pequenas cidades são apoiados por fervorosos adeptos indiferentes ao fascínio dos grandes emblemas. Afinal, no futebol como em tudo o resto, os italianos vivem a vida de forma apaixonada. Num país apaixonante.

Aproveite para fazer compras nas ruas de Milão, onde encontrará as mais famosas griffes mundiais.

Hoteis em Itália

Hoteis em Roma

Hotel Majestic
Starhotels Metropole
Hotel Adriano
Excel Rome St. Peter
Aldrovandi Villa Borghese – The Leading Hotels of the World

Hoteis em Milão

Starhotels Rosa Grand
Grand Hotel Plaza
Starhotels Ritz
Boscolo Exedra Milano
Hotel Principe Di Savoia

Hoteis em Veneza

Palace Bonvecchiati
Starhotels Splendid Venice
Hotel Metropole
Bauer Hotel
Hotel Al Codega

Hoteis em Bolonha

Starhotels Excelsior
Aemilia Hotel Bologna
Suite Hotel Elite
Best Western Hotel San Donato
4 Viale Masini Design Hotel
B4 Bologna Tower
O B4 Bologna Tower está apenas a 10 minutos de autocarro do centro histórico de Bolonha. Oferece acesso Wi-Fi gratuito nas áreas públicas e acesso gratuito à Internet nos seus quartos.

Hoteis em Pisa

Grand Hotel Bonanno
Abitalia Tower Plaza
Hotel Bologna
Hotel La Pace
Grand Hotel Duomo
My One Hotel Galilei
O My One Hotel Galilei está a 5 minutos de carro do Aeroporto Galileo Galilei de Pisa, perto do cruzamento da Auto-estrada A12. Oferece um serviço de transporte e estacionamento gratuitos.

Hoteis em Verona

Hotel Milano
Hotel Accademia
Due Torri Hotel
Hotel Marco Polo
Hotel Maxim
Best Western Hotel Armando
O Hotel Armando está localizado no coração do centro histórico de Verona, apenas a 500 metros da Arena Romana, onde todos os Verões decorre a época da Ópera.